melhor curso de inglês

Você sabe que o aprendizado da língua inglesa se tornou uma necessidade tanto no âmbito de mercado de trabalho como no próprio dia a dia: são interações em viagens, produções cinematográficas, jogos, praticamente tudo tem um pouco da língua inglesa. Normalmente, as pessoas buscam um curso de inglês com o objetivo de se manter competitivas no mercado de trabalho. A dúvida está sempre em saber: qual o melhor curso de inglês a se fazer?

Essa é uma escolha complexa, mas neste artigo vamos ajudar a definir os seus critérios para a escolha do melhor curso de inglês que atenda suas necessidades. Confira!

9 dicas para escolher o melhor curso de inglês

1. Verifique se o curso vai contribuir para os seus objetivos

Para definir um melhor curso de inglês é necessário, antes de tudo, estabelecer seus objetivos de aprendizado na língua estrangeira. Vai concorrer a uma vaga no exterior? Precisa de proficiência na língua para concorrer a uma bolsa de estudos? Acabou de voltar de viagem e voltou inspirado para aprender?

Devemos ressaltar, entretanto, que o aprendizado do idioma, mesmo que seja a título de lazer e somente para noções básicas, requer um conhecimento adequado da parte gramatical e alguma formação linguística.

A razão para isso é simples: por um lado, para que não ocorram ruídos no ato da comunicação; por outro, para evitar erros básicos ao se relacionar com cidadãos e/ou empresas do exterior.

2. Verifique se a escola pode se adaptar ao seu tempo

Outro fator que deve ser observado para decidir sobre melhor curso de inglês e que interfere de forma importante em sua escolha é o tempo necessário a completar sua formação, assim como horários que se enquadrem em suas necessidades, visando conciliar atividades pessoais ao aprendizado do idioma.

Muitas vezes, um curso de extensão ao aprendizado já existente é o ideal. Sobretudo se o que se deseja é atender a um objetivo simples: de uma viagem de negócios que será realizada em pouco tempo, por exemplo. Ou mesmo a possibilidade de realizar estudos intensivos para agilizar o aprendizado.

Torna-se importante, dessa forma, avaliar se o curso é capaz de se enquadrar em sua necessidade real ou se você vai ter que esperar demais para aprender o que realmente interessa.

3. Pergunte sobre métodos de ensino e professores

Para aprender inglês de forma eficaz, é necessário que se conheça o programa pedagógico da instituição.

Pode-se alegar que contratar professores particulares é mais simples. Embora em tese faça sentido, há riscos nesse processo, pois normalmente esses orientadores não são professores de formação, mas sim pessoas com experiência na língua e que promovem bate-papos do cotidiano.

Nesse caso, a questão é a falta de base para ensino e o risco mais elevado de cometer erros gramaticais importantes e cristalizar esses deslizes na aprendizagem do aluno – o que, mais tarde, para corrigir é bem mais difícil.

Dessa forma, realizar um curso que apresente conteúdo programático claro e bem delineado; assim como profissionais qualificados com formação adequada deve ser sempre a opção correta na busca de um aprendizado eficiente em no melhor curso de inglês. Lembre-se disso na hora de enviar um e-mail com dúvidas para qualquer instituição de ensino.

4. Informe-se sobre a quantidade de alunos por sala

O melhor curso de inglês é aquele que oferece as aulas mais direcionadas possíveis às necessidades do aluno e, dessa forma, suas turmas não devem ter uma grande lotação de alunos, para permitir uma integração adequada de todos com a língua.

Turmas muito grandes acabam não atendendo ao objetivo de aprendizado e exercício da pronúncia e compreensão do idioma, por conta das diversas diferenças entre alunos e seus respectivos processos de aprendizagem.

5. Confira se o material oferecido pela escola é de qualidade

O ideal é que o curso de inglês seja dinâmico e possa oferecer um material de apoio didático com temas atuais e oferta de termos cotidianos da língua inglesa.

Dispor de materiais didáticos com qualidade é uma garantia de que a escola tem como preocupação atualizar métodos e permitir um aprendizado adequado à realidade cotidiana, sem, no entanto, abandonar a base formal e tradicional do idioma.

6. Verifique quais são os marcos utilizados pela escola usa para garantir seu progresso

O melhor curso de inglês deve estabelecer, de forma clara, uma grade curricular que permita ao aluno entender e estabelecer metas para seu desenvolvimento quanto ao aprendizado do idioma, como estamos apontando.

Assim, ter uma definição clara dos marcos para cada etapa e os critérios de avaliação do aprendizado são decisivos para que o aluno possa acompanhar e entender como está posicionado em qualquer etapa de seu curso – e qual a duração do processo, como um todo.

Pense que o objetivo de aprendizado, seja qual for, é que se consiga o melhor resultado possível em tempo adequado. Por isso, não deve se estender indefinidamente, para que seus objetivos não se percam e a experiência não se mostre frustrante.

7. Fale com pessoas que tiveram familiares e amigos estudando nessa escola

Procure obter informações e opiniões de pessoas que já frequentaram o curso e quais aspectos foram positivos e negativos em seus aprendizados.

Muitas vezes, pessoas possuem expectativas determinadas e que não são atendidas. Porém, para outros públicos aquele curso foi incrível. Então é interessante colher as mais diferentes visões, para que você possa fazer uma boa escolha, adequada às suas necessidades.

8. Informe-se sobre a dinâmica das aulas

Obtenha informações sobre como são oferecidos os conhecimentos e como se dá a interação, seja entre professores e alunos, seja entre os próprios estudantes. A escola é focada na gramática? Utiliza jogos para melhorar o aprendizado? Os professores falam em inglês o tempo todo? Todos são fatores importantes para conhecer melhor um curso de idiomas que possa atendê-lo da melhor maneira.

9. Procure assistir a uma ou duas aulas experimentais

Faça experiências de comparecer a aulas e observe bem. Assim, conseguirá perceber, na prática, se as informações obtidas correspondem à realidade, ou suas expectativas estão sendo atendidas.

Trata-se de uma boa forma de se assegurar que sua opção é a melhor dentro daquilo que você espera.

Lembre-se: um curso de inglês é sempre um bom investimento!

Uma boa escola de idiomas deve se adaptar e atender os seus objetivos e nunca tentar estabelecer um padrão de ensino que não se encaixe em suas necessidades.

Nunca deve ser levado em consideração somente o preço, pois, em muitos casos, certamente o barato sairá mais caro. Ou seja, seu aproveitamento pode ser coerente com o preço pago, isto é: ser também baixíssimo!

Pense de outra maneira: você estará fazendo um investimento em qualificação pessoal e no fato de ter uma visão mais ampla do mundo e isso não tem preço.

A Cultura Inglesa, já consolidada no mercado e sendo uma marca que acompanha a evolução e necessidades daqueles que a procuram para aprender, melhorar ou treinar seu inglês, pode ser a sua opção a partir deste momento. Pensou nisso?

Então, se você gostou do nosso conteúdo e está procurando pelo melhor curso de inglês, nós podemos ajudar! Entre em contato e solicite mais informações sobre nossos cursos agora mesmo!