intercâmbio na europa

Fazer intercâmbio na Europa é uma experiência única. O Velho Continente dispõe de vários exemplos de construções e estruturas datadas de mais de um milênio que tiveram participação fundamental na história do homem moderno.

Além disso, pode ensinar a você muito sobre a língua e a cultura inglesa, é claro! Essa é uma viagem que vai te levar a países como a Inglaterra e a Irlanda, a conhecer monumentos incríveis como a Ponte de Londres ou até as ruas de Liverpool, a terra natal dos Beatles!

Neste artigo, vamos apresentar dicas importantes, relevantes e práticas para que você possa esclarecer todas as suas dúvidas e auxiliar você a conseguir realizar um intercâmbio incrível.

Confira!

Quais os principais destinos de intercâmbio na Europa?

É possível encontrar com brasileiros em praticamente todos os lugares do mundo. Quando o assunto é estudar inglês na Europa, os principais países são:

Inglaterra

O principal destino de intercâmbio na Europa. Quem escolhe a Inglaterra, seja para estudar inglês ou para fazer algum outro curso tem pela frente uma viagem repleta de experiências e tradicionalismo. Universidades de qualidade como Cambridge e Oxford, também acabam pesando na escolha.

Com uma história tradicional e rica, que oferece cultura de forma intensa através de seus diversos museus, Londres é uma das principais cidades elegidas pelos brasileiros.

Irlanda

Famosa pelos seus pubs, vida noturna e misticismo, a Irlanda é outro destino bastante procurado. Possui a facilidade de não demandar visto a turistas que permanecerão até 90 dias no lugar, desde que portadores de passaportes brasileiros. E, além disso, também quanto ao custo de vida mais acessível neste país.

Quem opta por um intercâmbio mais longo,como o de 6 meses, pode conseguir trabalho de meio período legalmente, com a jornada de até 20 horas semanais, para poder auxiliar a pagar as suas despesas.

A Irlanda também possui atrativos naturais de tirar o fôlego, como a famosa Cliffs of Mother, além de ser o berço de artistas consagrados como as bandas U2 e The Cranberries.

Malta

A ilha de Malta é um destino descoberto e explorado há pouco tempo pelos intercambistas brasileiros. Localizada em um arquipélago de cinco ilhas no Mar Mediterrâneo, com uma boa infraestrutura educacional, permite que o estudante desenvolva o idioma e consiga ainda um trabalho para se manter.

Existe um país europeu melhor para aprender inglês?

A escolha do melhor destino para se realizar um intercâmbio dependerá dos objetivos traçados e também de suas disponibilidades financeiras para se estabelecer por um determinado tempo no local.

Se o objetivo for para estudos, a Inglaterra é uma boa pedida, já que possui excelentes faculdades e cursos em cidades como Londres, a terra da rainha, ou Liverpool.

Quem precisa trabalhar para pagar os custos com hospedagem pode optar pela Irlanda. Cidades como Dublin, a capital, e Cork, uma joia irlandesa possuem uma comunidade considerável de brasileiros e costumam oferecer diversas vagas de empregos de meio período.

Se o seu objetivo é aprender inglês, qualquer destes países é uma boa opção. Tudo vai depender do seu empenho. Procure socializar com estrangeiros, sair sozinho, fazer pedidos em bares e cafés. Perca o medo do idioma!

Caso você não esteja seguro e deseje sair na frente dos concorrentes, pode começar um curso no Brasil e aprimorar o seu listening e speaking na Europa.

É possível trabalhar legalmente na Europa?

Sim! E esse talvez seja um dos principais motivos para os brasileiros escolheres fazer intercâmbio na Europa. As vagas, em sua maioria, são para atividades mais básicas, como:

  • Au Pair (babá);
  • Bar Back (auxiliar de bares e restaurantes);
  • Bartender;
  • Barista;
  • Cleaner (faxineiro);
  • Housekeepers (camareira);
  • Delivery (entregador);
  • Waiter (garçon).

As vagas são conquistadas após muita procura, entrega de currículos, cover letters e entrevistas de emprego em inglês. Sites como o Linkedin e o Monster auxiliam na busca por uma posição no mercado europeu.

O trabalho ilegal deve ser evitado, pois além de ser inseguro em muitos níveis, trará problemas com a imigração, chegando até a provocar a deportação do intercambista.

Por que escolher a Europa e não os Estados Unidos?

A decisão de escolher intercâmbio na Europa se baseia nas expectativas de conhecer diversas culturas e na possibilidade de viajar pelo velho continente aproveitando as promoções das companhias aéreas europeias. Além disso, o continente tem oferecido pacotes de intercambio competitivos e diversidade em termos de escolas e universidades.

Outro ponto que podemos levantar são as dificuldades na hora de emitir o visto americano e o custo de vida na Terra do Tio Sam, principalmente em cidades como Nova York, além da burocracia para conseguir um emprego. Tudo isso tem feito da Europa um destino mais amigável.

O inglês europeu é muito diferente do americano?

Muitas pessoas acham que o sotaque britânico é mais difícil, o que é um equívoco, pois, de forma geral, não existem grandes diferenças em termos do entendimento da língua nestes locais. Se você possui uma boa base do idioma, não terá dificuldades na adaptação.

Tanto na Europa como nos Estados Unidos, há variações de pronúncia e uso de expressões características de cada região, como gírias e reduções de frases e expressões. Isso não deve ser considerado um impeditivo.

Devo fazer algum curso no Brasil antes do Intercâmbio na Europa?

A realização de um curso de inglês no Brasil pode contribuir para um melhor aproveitamento do seu intercâmbio na Europa.

Sair daqui sem entender nada do idioma pode tornar os seus primeiros dias lá fora um tanto angustiantes.

Por causa da dificuldade da obtenção do visto de estudante para vários destinos da Europa ter aumentado ultimamente, vale a pena garantir um nível pelo menos intermediário de inglês antes de fazer a aplicação para esse visto.

A chance de êxito na obtenção dele aumenta proporcionalmente com o nível de domínio do idioma falado no país no qual o candidato irá estudar.

Quem procura trabalho, não deve pensar duas vezes. Começar um curso de inglês aqui no Brasil é uma opção acertada, principalmente se você sonha em conseguir algo na sua área.

O que está esperando para arrumar as malas?

Um intercâmbio realizado na Europa é um momento único e importante na vida de quem quer obter melhorias e aprimoramento em sua vida pessoal e profissional.

Para que essa experiência seja um sucesso, o conhecimento prévio da língua inglesa é fundamental e garante que o aproveitamento seja o melhor possível ao estudante. Dessa maneira, frequentar um curso de idiomas deve ser a etapa principal ao pensar em intercâmbio na Europa.

Gostou do nosso artigo e tem planos de fazer um intercâmbio na Europa? Temos uma proposta especial para você! O que acha de conseguir fluência em apenas 24 meses? Entre em contato conosco e te dizemos como!